Quarta
Tempo limpo
28° MÁX
13° MIN
Letra: Luiz Carlos Rigonato

Música: Fernandes Luiz Velasques, Luiz Aparecido Alvorada, Severino Ramos

REFRÃO
Ivinhema, Ivinhema, Ivinhema!
Ó terra hospitaleira.
Orgulho dos filhos teus,
Tu és a terra, prometida por Deus.
Com Reynaldo Massi,
Chegaram heróis desbravadores.
Com mérito de serem pioneiros,
E nesta terra fértil:O grande celeiro.
Ergueu com a bravaura
Desta gente destemida,
Sob um límpido céu azul,
O município imponente:Orgulho do Mato Grosso do Sul!
O verde de teus campos:A fartura dos teus celeiros.
Onde outrora eram matas.
É espelho da grandeza,
Que a flâmula retratas.
O povo ivinhemense
É definido e laborioso.
É gente forte e audaz,
Sempre de cabeça erguida,
Mostrando que é capaz.
epertou um horizonte novo,
A cidade dos sonhos reais,
Aqui os imigrantes e filhos
Acreditam e constroem:
Majestosa nesse chão!

REFRÃO
Ivinhema, Ivinhema, Ivinhema!
Orgulho dos filhos teus,
Tu és a terra, prometida por Deus.